Revival Joshiper

Ir em baixo

Revival Joshiper

Mensagem por Marie-Angèlie Thévenet em Qui 14 Maio - 16:13

Revival Joshiper

Interações entre Josh Lufa-Lufa e Piper Grifinória

O revival ocorre na Cozinha de Hogwarts, nas masmorras e se passa depois da festa do dia dos namorados, do encontro dos herdeiros e antes do casamento Seana. Os dois personagens mantinham um relacionamento sério e romântico e ambos estavam preocupados sobre sua antecedência como herdeiros de Hogwarts. Os posts sucederiam a sequência da casa dos gritos.


Última edição por Piper Vill. McCurdy em Qui 14 Maio - 20:54, editado 1 vez(es)
avatar
Marie-Angèlie Thévenet
Rank: Saint Mungu's
Rank: Saint Mungu's

Mensagens : 150
Idade : 21
Naturalidade : Dans vos rêves, cher
Data de inscrição : 13/02/2012

Perfil Escolar
Ano Escolar: Concluído
Sangue: Mestiço
Casa:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Revival Joshiper

Mensagem por Marie-Angèlie Thévenet em Qui 14 Maio - 16:20


gryffindor
LIKE A ROLLERCOASTER RIDE HOLDIN' ON WHITE KNUCKLES LIKE WHOA WHOA CAN'T BELIEVE I'M LIKE WHOA WHOA UP AND DOWN AND SIDE TO SIDE EVERY INCH OF ME IS LIKE WHOA WHOA GOT ME FEELIN' LIKE WHOA WHOA MY INHIBITIONS ARE BEGINNING TO LET GO THIS SITUATION I CAN'T HELP BUT LOSE CONTROL YOU'RE AN AFFLICTION THAT I CANNOT SEEM TO BREAK IT FEELS GOOD, IT FEELS GOOD I'M HOLDIN' ON HOLDIN', HOLDIN', HOLDIN', HOLDIN', HOLDIN', HOLDIN'; I'M HOLDIN'; ON LIKE A ROLLERCOASTER RIDE LIKE I'M RUNNIN' A RED LIGHT LIKE A ROCKET SHIP IN FLIGHT THERE'S NOTHIN' ELSE THAT MAKES ME FEEL LIKE WHOA!!!! ---------------------- ♥
Quando encontrei Josh parado na porta da comunal da Grifinória, não consegui evitar de rir. Sempre certinho. Podia muito bem ter me ligado pedindo a senha, mas preferiu esperar na porta até que eu saísse para a ronda. Ele sorriu pra mim e perguntou do que eu estava rindo. - De você, é claro! - Respondi, abraçando-o pelo pescoço e rindo em seu ombro. Beijei-lhe a bochecha enquanto ele me respondia com um ar confuso. Porém, eu não disse mais nada, apenas soltei outra gargalhada. Josh me respondia com um olhar de "é isso que eu mereço?!", então beijei-o delicadamente e rapidamente e lhe dei o braço para que ele entrelaçasse o dele. Ou o contrário. Ele me conduziu até a sala dos monitores, apenas para descobrirmos que nossa ronda de hoje batia e poderíamos ficar juntos a noite inteira, o que, na realidade, eu já sabia, porque tinha o horário como todos. Resumindo, reunião inútil, ainda mais porque nunca pegamos ninguém nas rondas. Como as pessoas conseguem não fazer nada de errado nesse lugar? Como quem usualmente quebrava as regras eram basicamente os monitores, depois que os cargos foram concedidos à esses - me incluo nessa - tudo parecia estranhamente no lugar. Ana, que era a única que se excluía da parcela comentada, não estava mais aqui e nós nunca puníamos ela, então nada fora do normal, porque até as travessuras dos marotos eram normais.
Então, eu escolhi por mim e Josh e fiquei com as masmorras. Recebi vários comentários sonoros de "hms" pervertidos, mas eu não entendia o porquê de tanto auê. Na realidade, eu só tinha escolhidos as masmorras porque eram aonde ficava a cozinha. Finalmente, depois de várias brincadeiras entre amigos, mais conhecidas como "zueiras", desci com Josh até o andar inferior e claro que ao chegar lá, eu apenas o puxei para a cozinha. Os elfos já deviam estar dormindo e como havia me colocado como membro do projeto da Julie e da mãe dela sobre a liberdade dos elfos, o F.A.L.E., - por livre e espontânea pressão - eu me neguei a acordá-los e tive que me servir sozinha. Josh apareceu do meu lado, me assustando e eu dei um pulo. Ia comentar o modo como ele me assustara, mas me vi em outra situação quando encarei-o. - Tudo bem, meu amor? - Perguntei, analisando sua expressão. Ele parecia mais assustado do que eu quando ele chegara por trás de mim devagar. Ele estar preocupado me deixava preocupado. - O que tá martelando essa tua cabeça de mini-gênio? - Perguntei, tentando descontrair enquanto comia um cupcake. Mas sua expressão não mudara, então me pendurei em seu pescoço em uma espécie de abraço com as mãos, assumindo uma face preocupada. - Dã, eu tô vendo que você tá preocupado, né! - Ironizei. Ele suspirou, entendendo como a pergunta que eu queria que ele tivesse entendido. Ponto pro Josh. - Preocupado comigo? - Perguntei, confusa.
avatar
Marie-Angèlie Thévenet
Rank: Saint Mungu's
Rank: Saint Mungu's

Mensagens : 150
Idade : 21
Naturalidade : Dans vos rêves, cher
Data de inscrição : 13/02/2012

Perfil Escolar
Ano Escolar: Concluído
Sangue: Mestiço
Casa:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum