The magic is with you
 
InícioInício  PortalPortal  MembrosMembros  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Família Campbell

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marie-Angèlie Thévenet
Curandeiro
Curandeiro
avatar

Mensagens : 150
Data de inscrição : 13/02/2012
Idade : 20
Localização : Dans vos rêves, cher

Perfil Escolar
Ano Escolar: Concluído
Casa: Noble
Graduação: Medibruxaria

MensagemAssunto: Família Campbell   Qui 7 Ago - 20:31




primeira geração;


Devido a "extensão" da árvore genealógica da família, começaremos a contar a partir dos filhos do casal Morgaine e Frederick Campbell. Sendo assim, primeira geração:

George Campbell: filho de Morgaine e Frederick. (Player: NPC)
Hayley Campbell: filha de Morgaine e Frederick.(Player: NPC)










segunda geração;


Descendentes de George e Adele Campbell:

Abbel Campbell. (Player: NPC)
LilyAnn Campbell. (Player: NPC)

Descendentes de Hayley e Joseph Campbell:

Lucciano Campbell. (Player: NPC)









terceira geração;


Descendentes de Abbel Campbell:

Francine Campbell. (Players: NPC)

Descendentes de LilyAnn Campbell:

April, Hermes e Marvel Campbell. (Players: NPC)

Descendentes de Lucciano Campbell:

Não possuí.








quarta geração;


Descendentes de Francine Campbell:

Augusto Campbell. (Player: Patrick)
Bernard Campbell. (Player: ...)
Sellen Campbell. (Player: Ana)

Descendentes de Ariana Campbell:

Charlotte Campbell. (Player: livre e fechado)
Paul Campbell. (Player: livre e fechado)
Ashlee Campbell. (Player: Paula)

Descendentes de Marvel Campbell:

Chelsea Campbell. (Player: Lilian)
Nick Campbell*. (Player: João)
Rafael Campbell*. (Player: Gabriel)
Matheus Campbell*. (Player: Gabriel)

* = São irmãos, pois ambos são Stark; a mulher de Marvel, logo, pertencia à família.









quarta geração;


Descendentes de Augusto Campbell:

Milla Campbell. (Player: Lilian)

Descendentes de Bernard Campbell:

Cassidy Campbell. (Player: Rebeca)

Descendentes de Sellen Campbell:

Lucy Campbell. (Player: Ana)
Amber Campbell. (Player: Cinthia)

Descendentes de Chelsea Campbell:

Nathalie Campbell. (Player: Tamires)

Descendentes de Ashlee Campbell:

Hazel Campbell. (Player: Ju)
Suzan Campbell. (Player: Talita)



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Bradd. Campbell
Monitor Paxlitté
Monitor Paxlitté
avatar

Mensagens : 38
Data de inscrição : 07/08/2014
Idade : 20
Localização : No mundo, rç

MensagemAssunto: Re: Família Campbell   Qui 7 Ago - 20:34



informações pessoais;

Player: Ana Laura
Nome: Lucy Elizabeth Braddock Rewards Campbell
Alcunhas: Lu, Lulis-Magia, Lucinda, etc.
Idade: 14 anos
Data e local do nascimento: 25.09.1998, Chicago - Illinóis (USA)
Sangue: Puro
Habilidade ou dom: Clarividência
Reside em: Londres - Inglaterra/Munich - Alemanhã
Orientação Sexual: Heterossexual
Casa de Beauxbatons: Paxllité
Bicho papão: Aranhas
Varinha: Ébano com núcleo de pêlo de rabo de centauro, 24 cm e flexível.
Patrono: Indefinido
Conquistas escolares: Monitora e ex-capitã e artilheira da casa.
Mais informações? AQUI

personalidade;


Lucy é a garota mais meiga e espontânea que você pode encontrar nos corredores, a não ser que dê a má sorte de vê-la ou de muito mal humor ou sem paciência. Pode ser muito bipolar ou bem previsível e seu humor é notável de cara. É muito confiável, acima de tudo e de todos, o que faz com que ela pense que os outros são iguais e acaba sendo muito vulnerável, mas é mais aberta a amizades. Nenhuma dessas qualidades - ou defeitos, depende do ponto de vista - faz dela uma garota burra ou ignorante, pelo contrário, é extremamente inteligente e astuta, mas quando estuda ou se dispõem a aprender se torna absurdamente grossa e mesquinha. Além desses 'defeitos de fabricação', é muito ciumenta em relação a tudo, principalmente aos amigos. Meio bobinha e lerda, é desastrada ou extremo e muito sentimental, chegando a ser irritante, porque nunca para de falar, logo que começa.
Tem uma mania que irrita a todos que estão perto, de quando sentada, desenhar com o dedo sobre a perna direita. Mas ninguém pode reclamar de seu outro 'tique nervoso', porque não se pode reclamar se não se vê. Ninguém imagina que Lucy, com toda aquela pose de boazinha, fuma escondida quando nervosa ou quando o vício a chama para o canto, portanto tem que se preocupar em ter sempre um maço de cigarro comum trouxa, ou qualquer outro, legal ou não, dentro da bolsinha de marca. Tem várias coleções, porque, aparentemente, vê-las a deixa calma, e esconde a sua mais preciosa: uma do superman. Ela tem o conhecimento que sua prima, Camilla, possui uma do Batman e vivem zoando-a por isso, então prefere deixar a coleção bem guardada. Mais um dos 'calmantes' não-convencionais de Lucy é comprar e usar as roupas/acessórios - tendo como peça favorita os sapatos - no mesmo dia, no jantar em casa, em uma lanchonete ou em qualquer lugar. Desenha muito bem, assim como mente e canta desde nova, chegando a ter uma banda no primeiro ano de Beauxbatons.

história;


Lucy é a mais velha das quadrigêmeas Braddock. Sua mãe, Mellanie Elizabeth Gardnéer Braddock morreu logo no parto das quatro, deixando-as aos cuidados do pai. Ele lhes deu o nome de Lucy Elizabeth, - o mesmo segundo nome da esposa - Mellanie Scarlett, - o mesmo nome da esposa dele - Carrie Marie, - o mesmo nome da mãe - e Annelise Mackensie - Annelise, o nome da sogra, e Mackensie, que seria o nome da primeira filha do casal, mas ela morreu aos 3 meses. Além disso, cada uma ganhou uma pulseira de ouro com seu nome gravado, para que não se confundissem. Quando completaram um ano, o amor do passado de Bryan - do qual ele não correspondia - quis se vingar do homem e por tê-la trocado pela melhor amiga e, junto a dois comparsas, ateou fogo a casa, antes levando três das gêmeas, porém, ela sequer sabia que existia uma quarta. Das três, escolheu Lucy para cuidar, talvez por tê-la encantado mais, mas, apesar do feitiço do esquecimento de Bryan, ela ainda se lembrava ter uma gêmea, só não se recordava o nome - que, na verdade, era Mellanie. Sellen, então, adotou mais uma menina parecida com a 'filha', Amber e registrou-a como irmã gêmea de Lucy. Na realidade, a garota nunca acreditou de fato no parentesco, mas sempre que questionava a mãe ela se enfurecia, então preferiu nunca mais tocar no assunto com ela. Mas, visões do passado sempre a atormentava, por ter herdado a clarividência da mãe biológica, até que um dia, encontrou Mellanie em um acampamento de verão e planejou fugir com ela, mas elas foram descobertas, o que gerou uma discussão entre Bryan e Sellen, que optou por mexer mais uma vez na memória da filha, afetando quase permanentemente a memória de Lucy. Sua vida ficou mais calma, até que foi para Beauxbatons com as primas e se viu selecionada para a Paxllité, onde no mesmo ano, ganhou a capitania do time como artilheira e, dois anos mais tarde, a monitoria.

o primeiro ano;


O primeiro ano, na verdade, foi vivido duas vezes. Da primeira, com 12 anos, vivia sempre na companhia da melhor amiga de infância, Quinn Donati, que reencontrou no Sete Portas no início do ano, às vezes, Lucy ajudava-a com o relacionamento amoroso com Scott Chevalier, conhecido das duas desde muito novos. Foi a quinta pessoa a saber da clarividência da garota, após a irmã e suas primas. Ela juraram nunca se separar por causa de um garoto e dias depois Scott e Quinn começaram a namorar. Elas montaram uma banda com mais duas amigas, Lucy era vocalista e compositora e, mais tarde, ganhou o cargo de capitã do time de quadribol da sua casa. A banda fez sucesso, até que um dia Quinn desapareceu após terminar com o namorado, largando o cargo de monitora. Depois disso, Lucy entrou em depressão e começou a faltar aulas, acabando reprovada. Saia apenas pra treinar com as amigas, Cathye, Catryn e Cassie Stark. Logo após um jogo, as 'atividades' de quadribol foram suspensas e ela correu para contar as amigas, mas se viu em um vestiário destruído por Cassie, enquanto animaga, mas a amiga dispensou a ajuda de Lucy e 'reconstruiu' o lugar sozinha.
Na segunda vez no primeiro ano, com 13 anos, passou a ficar mais com Cassidy, a pessoa mais alegre e espontânea que já vira, que a tirou da depressão logo que voltou para a mansão e era com ela que Lucy frequentava as aulas. Lucy recebeu o apelido de Lulis-Magia e Cassidy ganhou da garota o de Recalcassy, além de aprender a fazer tranças com a amiga e se apegar a estas, a jogar quadribol melhor, o que a colocou no time - além da proximidade com a capitã, que sabia da capacidade da amiga - e a frequentar aulas de Herbologia. Mas, termina o ano mais afastada de Cassy, por sentir que tem certa culpa na briga da amiga/prima com Camilla Campbell, outra grande amiga, além de prima, de Lucy, pois foi ela que fez questão da presença de Milla na aula de Feitiços que se tornou o maior motivo da briga, onde as três quase morreram, depois de se separarem, se encontrarem, e matarem um lobo. Ela quase foi reprovada nessa matéria, porque, no mesmo dia, foi muito 'mal educada' com a professora, mas sim, isso propositalmente. Os jogos de quadribol haviam sido suspensos por aquele ano, para os capitães se organizarem, mas, quando o time já estava pronto, Lucy o entregou para Cathye Stark, vice-capitã do time, saindo tanto da capitania quanto do time.

o segundo ano;


As férias começaram no castelo, para Lucy. De cara, encontrou a irmã, Amber Campbell, no Jardim Secreto, com quem pode conversar sobre suas visões e sobre a briga entre as primas. E, na mesma noite, após um visão noturna, que ela confundiu com um pesadelo, saiu para a Cozinha e finalmente reencontrou a prima, Camilla, e jogaram o jogo do copo, invocando um espirito e acabaram ficando mais próximas uma da outra, o que não tiveram chance de fazer antes. Depois de dias sem nenhuma 'movimentação', apenas fugir do dormitório e dos monitores, ler e comer, encontrou sua irmã Mellanie Wittelsbach na Torre de Astronomia. A irmã lhe explicou tudo sobre o passado, logo depois de Lucy ter mais uma visão e contar a irmã sobre seu dom e sobre a pulseira que possuía, mas Mellanie forçara muito suas lembranças e acabou desmaiando, o que acabou com o encontro das irmãs. Dias mais tarde, ganhou o cargo de monitora já ocupado por suas amigas, Cathye, Cassie e Quinn. Ao voltar para a mansão Campbell por um tempo, resolveu fazer as malas e ir embora para encontrar suas outras irmãs e para longe de Sellen, mas Cassidy a encontrou fazendo as malas e tentou impedir a melhor amiga.[...]




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Milla Leff. Campbell
Monitor Lucttoré
Monitor Lucttoré
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 07/08/2014
Idade : 19

MensagemAssunto: Re: Família Campbell   Qui 7 Ago - 20:38



informações pessoais;

Player: Lilian Morse
Nome: Camilla Mikaelly DiBord Lefevre Campbell
Alcunhas: Milla, Mills, Millenha, e por aí vaí
Idade: 14 invernos
Data e local do nascimento: 04/07/1999 às 22:37 - Londres, Inglaterra
Sangue: Puro
Habilidade ou dom: Clarividência
Reside em: Mansão Campbell / Londres - Inglaterra
Orientação Sexual: Heterossexual
Casa de Beauxbatons: Lucttore
Bicho papão: Toma a forma de seu pai em uma expressão severa, e embora poucos saibam interpretar isso, tem-se conhecimento que o maior medo dela é o de decepcionar alguém que ama
Varinha: 27cm de Bétula, com núcleo de Pêlo de Unicórnio; levemente flexível
Patrono: -
Conquistas escolares: Ex-monitora da casa (dez. 2012 - junho 2013), ex-jogadora do time de quadribol da Lucttore (batedora)

GOSTARIA DE MAIS INFORMAÇÕES, JOVEM JEDI? CLICA AQUI E SE DIVIRTA

personalidade;


A mistura do delicado e do bruto, do fogo e do gelo; Camilla é exatamente isso: uma garota quase totalmente indecifrável. Possuí diversos lados, criados e vividos para cada uma das pessoas que conhece. Pode ser a amiga meiga e compreensiva e a inimiga que você nunca iria querer ter; pode ser a namorada fofa e amorosa ou a irmã cuidadosa e levemente chata. É uma garota cheia de manias, gostos e desgostos e aguentá-la todos os dias e amá-la é realmente um "desafio" - complicado, porém, cumprível. Seus olhos claros e cabelos loiros (sua aparência no geral, considerada "angelical" aos olhos inexperientes) esconde uma personalidade forte, marcante, marota e ligeiramente difícil. A jovem Campbell é teimosa, defendendo sua opinião sobre algo até o final, por mais errada que possa vir a estar. É extremamente ciumenta - embora sempre negue tal fato e fique braba quando terceiros o insinuam -; para a garota, o que é dela é dela e de mais ninguém. Odeia dividir amigos, objetos e pessoas amadas com qualquer um, por mais amigo dela que essa pessoa possa ser. Costuma apegar-se um tanto fácil demais às pessoas, e muitas vezes, decepciona-se por isso; por isso, sempre se mantém distante em um primeiro momento. Quando é chateada por aqueles que ama, torna-se fria como gelo. Há quem diga que a garota é metida, mas eu diria que não; apenas segura demais, talvez. Ou essa é a imagem que ela quer passar, não sei ao certo. Orgulhosa ao extremo, vive se metendo em brigas e discussões idiotas devido a sua mania de achar que está sempre certa. Sonhadora demais por vezes, perdendo a razão. Às vezes fala demais, acabando por magoar pessoas sem consciência de tal. Procura não demonstrar sentimentos por medo de se chatear. Consegue ser extremamente irônica e sarcástica quando quer, e isso anda sendo extremamente frequente. Milla também consegue ser imprevisível quando quer, de modo que ama surpreender as pessoas ao seu redor. Estudiosa e esforçada, sempre que quer algo, não para enquanto não o consegue. É meio avoadinha, tendo por vezes ideias mirabolantes e impossíveis; mas é muito inteligente, considerada até "nerd" por parentes, amigos e colegas de turma e casa. É, no geral, educada e gentil; contanto, é claro, que o sejam com ela. É romântica e, secretamente, acredita em amor a primeira vista e em finais felizes. Faria qualquer coisa por seus amigos; doaria a própria alma por quem ama, se fosse necessário. Leva sentimentos - tanto os seus próprios quanto os dos outros - muito à sério. É meio troll, e tem um senso de humor espontâneo e praticamente inabalável. É esforçada, e não mede esforços para conseguir o que quer e o que acha que é certo. Aos que chama de amigos, confiaria a própria vida.


história;


As estrelas pareciam pequenas lantejoulas prateadas bordadas à mão em um manto negro como carvão na noite que Camilla Campbell viu o mundo pela primeira vez, no dia quatro de julho de mil novecentos e noventa e nove. Augustus e Melissa nunca haviam sido tão felizes antes; mas também, existe alegria maior do que dar à luz e ver sua primeira e única filha? Camilla Mikaelly foi como resolveram chamá-la, em homenagem as suas respectivas mães. Oh, e a pequena Camilla era tão linda!, com aquele cabelo loiro escasso que havia herdado da mãe e aqueles lindos e enormes olhos que mudavam de cor a cada segundo - ora verdes, ora azuis - que havia puxado do pai... ambos sabiam que aquela pequena garotinha enrolada em diversos mantos e completamente inocente e inovensiva deixaria sua marca no mundo. Mas, por ora, ocupavam-se apenas com pensamentos de como seria maravilhosa a vida deles daquele momento em diante.

E, de fato, suas vidas foram ótimas: Augustus, apesar de trabalhador, dedicava tempo à família, conseguindo conciliar sua carreira no Ministério da Magia com sua pequena e amada família; Melissa, que largara seu pequeno negócio para cuidar da pequena Camilla - anteriormente apelidada de Milla -, que estava cada ver maior e mais esperta - aos três anos e meio, a garota já sabia ler, aos quatro, somar e diminuir, e aos cinco, a garota já lia livros que possuíam mais de cem páginas. Cinco anos... sim, a vida de Augustus, Melissa e Milla Campbell foi boa até a garota completar cinco anos, quando, pela primeira vez, teve um "sonho ruim", como ela chamava na época a mais conhecida visão de clarividente: ela viu, nada mais e nada menos, que a morte de sua mãe. Naquela época, não sabia nada sobre habilidades e dons, apesar de saber que sua mãe tinha um cabelo loiro lindo e que esse às vezes brilhava, e que aquilo não era normal. Aquele mesmo sonho se repetiu por mais três noites seguidas, tirando o sono da pequena Camilla, que guardou o "sonho ruim" para si mesma. Depois disso, alguns meses se passaram, tudo ficou bem e Mills já havia se esquecido daquilo. E foi quando tudo havia se normalizado que aconteceu; Melissa Campbell fora assassinada por um comensal qualquer enquanto passeava com a filha pelo vilarejo bruxo e morrerra ali, na frente de uma Camilla desesperada e chorosa.

As coisas nunca mais foram as mesmas depois daquilo. Augustus culpou a filha por aquilo - mesmo a garota não tendo culpa alguma - e se afastou dela, contratando pessoas para cuidá-la. Passava cada dia mais longe de casa e das lembranças, tal qual da filha. Aos sete anos, Camilla já estava no pior nível de depressão que se pode existir; sentindo-se culpada e responsável pela morte de sua mãe. A garota desenvolvera doenças e, aos oito anos, começara a tomar remédios fortes para tentar "sair do fundo do poço". Aos onze anos, recebeu sua primeira carta de Beauxbatons, que foi ignorada devido ao seus problemas pessoais; aos doze anos, a carta foi novamente mandada. Milla, que já estava melhor física - ela acabara tendo sérios distúrbios alimentares e fora considerada "anoréxica" - e psicológicamente, embarcou no Trem e foi-se para a escola bruxa francesa que era tradição para os Campbell's, tentando deixar para trás seu pai e um passado que tem medo e vergonha de compartilhar.


o primeiro ano;


O primeiro ano... com certeza, o mais promissor. Já no trem, a garota reencontrou uma amiga de infância, com quem passava muito tempo antes do "acidente" e que perdera o contato depois de tal coisa: Samantha Targaryen. Ambas costumavam ser melhores amigas, e foi preciso pouco mais de duas horas para colocarem suas vidas em dia - e Milla contou do seu segredo, pois confiava nela mais do que em si mesma, depois de tanto tempo - e retomarem a antiga amizade que não fora destruída depois de anos e anos sem contato algum. Estavam na mesma turma, pois Sammy havia rodado no primeiro ano. [...]


o segundo ano;


à editar





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Família Campbell   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Família Campbell
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Família Donati
» Família Salvatore
» Família Miller
» Família Wittelsbach
» Famílias Bruxas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vassouras X Tapetes :: Área OFF :: Área Beauxbatons-
Ir para: